Serviços

descrição

MAPA CORPORAL

Evolução do Condicionamento Físico e da Composição Corporal.

É a representação gráfica apontada pelo resultado longitudinal das avaliações realizadas pelo o indivíduo, como mecanismo de monitoração das variáveis analisadas, desenhando assim o seu progresso em relação ao alcance dos seus objetivos, sejam eles relacionados ao condicionamento físico, perda de gordura ou questões de monitoramento da saúde.

Com o seu mapa corporal, após a realização de algumas avaliações em um período pré-estabelecido, se obtém indicadores reais da eficiência dos procedimentos de treinamento físico/funcional individualizado e apropriado para o alcance das metas.

PLANO DE TREINO

Prescrição/Periodização do treinamento e diário de treino.

A Prescrição do Exercício, prerrogativa dos Profissionais da Educação Física, embasados, principalmente, nos conhecimentos científicos da Biomecânica e da Fisiologia do Exercício, emprega os princípios da Ciência do Treinamento Desportivo na planificação ajustada individualmente, com base nos resultados apresentados pela avaliação do condicionamento físico, da composição corporal, do nível de saúde e de acordo com os objetivos a serem alcançados pelo indivíduo.

Os elementos básicos para a prescrição incluem: a modalidade, a intensidade, a duração, a frequência, o volume e a progressão, para que haja respostas e adaptações fisiológicas e metabólicas do corpo ao treinamento, utilizando a sobrecarga adequada aos fatores individuais e progressivamente estimular efeitos positivos à saúde e a aptidão, provenientes da atividade física regular.

GESTÃO DE CONDICIONAMENTO FUNCIONAL

Monitoramento da Capacidade Funcional de idosos.

A Gestão do Condicionamento Funcional é voltada ao público idoso visando avaliar e monitorar as capacidades funcionais que promovam a longevidade com qualidade de vida, auxiliando a desenvolver processos preventivos e orientação de atividades.

Nossa bateria de testes físicos (baseados na AAHPERD) para avaliação funcional do idoso, se compõem da análise de qualidades físicas específicas que são solicitadas nas atividades da vida diária, possibilitando a classificação da capacidade funcional de acordo com o resultado dos testes de aptidão e do Índice de Aptidão Funcional Geral (IAFG).

A avaliação física do idoso pode contribuir para o diagnóstico preventivo de processos degenerativos (Alzheimer, Parkinson, dentre outros), de origem orgânica/biológica e/ou relativa ao estilo de vida, como base para o encaminhamento da intervenção adequada.

AVALIAÇÃO FÍSICA ESCOLAR

Acompanhamento do crescimento e desenvolvimento motor de escolares.

Visando intervir de maneira decisiva quanto à promoção de mudança de comportamentos sedentários de crianças e adolescentes, como também respaldar as atividades físicas realizadas nas escolas, clubes e/ou academias, é imprescindível a avaliação das condições físicas, do crescimento e do desenvolvimento motor de escolares na faixa etária de 8 a 18 anos. Com uma metodologia que possibilite o apoio de um acompanhamento do processo de evolução, intervindo em processos mentais
que elimine ou minimize os efeitos do sedentarismo para uma vida com mais qualidade quando adulto.

Portanto, para participação em atividades físicas na escola, em clubes e para o acompanhamento de atividades em academias (principalmente a musculação), uma bateria de testes com análises das respostas fisiológicas, antropométricas e posturais são realizadas, visando o aproveitamento, com segurança, das práticas motoras e monitoramento do crescimento e desenvolvimento através de mapa corporal longitudinal como indicadores da eficiência e eficácia das intervenções planejadas.

WhatsApp chat